PUB
Circular em Segurança
Segunda-feira, Dezembro 20, 2010

O Posto Territorial da GNR das Taipas vai, durante o mês de Dezembro, realizar uma série de iniciativas e acções de sensibilização destinadas à população local, voltadas para a segurança das pessoas e bens.

Estas acções vão no sentido de alertar as pessoas para os procedimentos de segurança a ter em conta quando circularem pela via pública. O objectivo principal é o de criar um maior sentimento de segurança junto das pessoas, numa sociedade cada vez mais afectada pela criminalidade geral.

Saliente-se que a criminalidade na zona de intervenção do Posto Territorial da GNR das Taipas, no ano de 2009, contabilizou um total de 837 crimes. Este ano, com dados obtidos até ao mês de Outubro, esse número vai em 572 casos. Um total bem abaixo dos 728 crimes praticados no mesmo período do ano passado. Ou seja, até ao mês de Outubro de 2010, a GNR das Taipas registou menos 156 crimes que nos mesmo período do ano transacto.

No ano de 2010 (até Outubro) o mês onde se verificou maior número de crimes foi o de Abril (85 casos), sendo que o mês de Outubro foi aquele em que se verificou menor número de actos de criminalidade (44).

Da totalidade dos crimes praticados até Outubro de 2010 (572), os crimes contra o património foram os que se registaram em maior número, totalizando 57,17% (327 casos). Seguiram-se os crimes contra as pessoas (115) que representam pouco mais de 20% da totalidade de crimes ocorridos. Os restantes 130 caso dizem respeito a delitos contra a sociedade (82), contra o Estado (6) e previstos em legislação avulsa (42).

Alguns conselhos de Segurança para circular na via pública:
– Tenha especial atenção às pessoas à sua volta. Lembre-se: os assaltantes valem-se principalmente do factor surpresa e da desatenção para atacarem suas vítimas;
– Aparente sempre calma, confiança e domínio no que está a fazer e a onde quer chegar. Evite demonstrar que esta perdido ou à procura de algum endereço ou local;
– Não peça orientações a estranhos. Procure Postos da GNR, esquadras da Policia ou estabelecimentos comerciais;
– Não ande sozinho, especialmente à noite;
– Após o trabalho, ou frequência escolar espere pela companhia de um amigo para saírem juntos;
– Evite passar por locais desertos e ou pouco iluminados;
– Evite cortar caminho por becos, vielas, ruas desconhecidas, terrenos, construções, etc.;
– Não pare para atender pedidos que lhe despertem desconfiança – Confie nos seus instintos;
– Ao pressentir a aproximação de estranhos cuja atitude se torne suspeita entre no primeiro local habitado que encontrar e peça ajuda;
– Mantenha todos seus objectos pessoais, como carteiras, malas, telemóveis, sacos e bolsas, à frente do seu corpo;
– Não use locais isolados para encontros amorosos, pois este é um comportamento de alto risco;
– Não aceite convites de pessoas que tenha acabado de conhecer: na rua, em bares ou casas de diversão nocturna, etc.;
– Evite utilizar jóias (fios de ouro, relógios, medalhas, braceletes, etc.) e roupas que chamem a atenção ou aparentem ser de valor;
– Não transporte objectos de valor, grandes quantias em dinheiro ou cartões de crédito se não tiver necessidade. Caso necessário, procure guarda-los de modo seguro e discreto e siga directamente para o seu destino;
– Evite retirar sua carteira em público;
– Evite manusear ou efectuar pagamentos com notas altas. Separe previamente o dinheiro necessário para pequenas despesas, como café, cigarros, jornais, revistas, etc.;
– Separe o dinheiro em bolsos diferentes;
– Se tiver de circular em locais mais isolados caminhe contra o sentido do trânsito. É mais fácil perceber a aproximação de algum veículo suspeito. Se algum condutor o incomodar mude de direcção e circule em sentido contrário ao do mesmo;
– Conheça o local onde você reside e trabalha. Certifique-se da localização do Posto da GNR, bombeiros, hospitais, telefones públicos, lojas de conveniência abertas 24horas, etc.;
– Caso você seja vítima de roubo fique calmo, não faça movimentos bruscos. Evite gritar ou discutir – o seu nervosismo poderá aumentar a tensão e provocar uma atitude mais agressiva em seu desfavor;
– Procure variar os seus horários e fazer trajectos diferentes para se deslocar de casa para o trabalho ou escola;
– Não use bolsos traseiros para transportar a carteira ou dinheiro;
– Fique atento quando parar no semáforo da passadeira;
– Computadores portáteis devem ser transportados discretamente. Evite as típicas malas para notebooks e esteja sempre atento. Efectuar um Seguro para este tipo de equipamento pode ser uma boa alternativa;
– Se você notar que está a ser seguido, aja com naturalidade, entre em qualquer lugar público e ligue para o 112;
– Não deixe de comunicar a presença de elementos suspeitos nas proximidades da sua casa;
– Ao regressar a casa, notando algum sinal estranho (porta aberta, luzes acesas, etc.), não entre em casa, chame a GNR ligando para o 112 ou para o telefone directo do Posto;