PUB
Cinco Projectos para Guimarães
Quarta-feira, Setembro 26, 2007

A Câmara Municipal de Guimarães leva à discussão pública um conjunto de projectos pensados para a Cidade. A iniciativa, denominada “5 projectos para Guimarães” é apresentada no Centro Cultural Vila Flor, no dia 27 de Setembro.

O Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor vai ser palco da apresentação pública de “5 Projectos para Guimarães”. A cerimónia decorrerá no próximo dia 27 de Setembro, pelas 21.30 horas. A entrada é livre e limitada aos lugares disponíveis no Auditório.

No dia seguinte, 28 de Setembro, toda a informação disponível sobre o assunto ficará alojada no sítio da Internet da Câmara Municipal de Guimarães onde será facultada aos interessados a possibilidade de apreciar, criticar e formular sugestões sobre os projectos em causa.

Os projectos em torno dos quais se pretende, a partir desta data, gerar discussão pública, são os seguintes:

Parque de Lazer da Cidade Desportiva / Centralidade de Silvares
Envolvendo um conjunto de equipamentos, a ribeira de Couros e um caminho real, pretende-se conformar um parque urbano singular, de carácter lúdico-pedagógico, pontuado por percursos pedonais e cicláveis, novos espaços de estar e lazer, equipamentos de apoio ao lazer e conhecimento, trajectos e caminhos antigos em simultâneo com a manutenção e valorização da exploração agrícola existente numa relação interactiva e pedagógica do cidadão com o território e seus usos.
Estudo urbanístico que persegue o esforço de programação do território visando um duplo objectivo: a criação de uma plataforma dedicada à terciarização, logística e comércio de valor imagético relevante e a requalificação da área central de Silvares, acentuando a sua carga de polaridade / identidade e salvaguardando novos espaços públicos e de equipamento.

Antigo mercado
Reconversão funcional de uma estrutura edificada no centro da cidade, com valor arquitectónico e urbanístico relevante, para a concretização de um centro de interpretação da cidade (divulgação da história da cidade, promoção dos seus lugares e tradições, dos seus equipamentos e eventos, …) e aumento da área pedonal, gerando um novo espaço aberto, de lazer e de fruição pública.

Arranjos urbanísticos do Toural, Alameda de São Dâmaso e Rua de Santo António
Requalificação do espaço público central da cidade, envolvendo três realidades urbanas (rua de Santo António, Praça do Toural e Alameda S. Dâmaso) de forma a permitir a melhoria e racionalização do esquema viário, o aumento da oferta de estacionamento automóvel e a valorização do espaço público, ora através do aumento da sua utilização e vivência (criação de novos espaços de estar e de lazer, reforço da circulação pedonal e relação com o comércio tradicional), ora através do seu enobrecimento (novas pavimentações, novo equipamento urbano, …), ora através do reforço do seu simbolismo e identidade histórica.

CampUrbis
Revitalização de uma área antiga da cidade (contígua ao centro histórico da cidade classificado como património cultural da humanidade) consubstanciada na criação de uma plataforma intensa de actividade do conhecimento e inovação tecnológica onde a imaterialidade e a contemporaneidade, o dinamismo e a resposta ao emergente, a identidade e a modernidade se cruzem, aumentando de forma indelével a atractividade e a competitividade da cidade de Guimarães e da região onde se insere.

Feira Semanal
Criação de uma área dedicada à feira semanal, relocalizando a mesma na proximidade e complementaridade do novo mercado municipal e dotando-a de novas e melhores condições de aparcamento, disposição física, área e acessibilidade.

Artigos Relacionados