PUB
Ciclo de exposições no CCVF e no CIAJG, em Guimarães, para ver até Junho
Sábado, Fevereiro 27, 2016

Começa este sábado, 27 um novo ciclo de exposições individuais de trabalhos da autoria de Carlos Lobo, Rui Toscano, Francisco Janes e João Grama. No CIAJG estará disponível uma nova exposição da colecção de José de Guimarães.

Guimarães tem um novo conjunto de exposições, para ver no Palácio Vila Flor e na Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG). Este é o primeiro ciclo de exposições de 2016, patentes nestes equipamentos. Os trabalhos estarão em exposição, desde sábado, 27, até meados de Junho.

No Palácio Vila Flor inaugura a exposição de fotografia da autoria de Carlos Lobo. As imagens da exposição Still There colocam o artista nas ruas de Beirute, na altura de grande agitação política decorrente do que foi apelidado de Primavera Árabe.

O programa de Carlos Lobo era outro – o de perceber a pulsação de uma cidade que nos chega até aos dias de hoje, desde a Antiguidade, passando pela sua atribulada história, de tumulto em tumulto. São imagens de uma cidade e de um povo que se reinventa, no meio de edifícios moribundos cravados de balas. O mar, esse, mostra-se tranquilo na imagem que o artista captou depois de ter atravessado a cidade.

No CIAJG inauguram no mesmo dia exposições individuais de Rui Toscano, Francisco Janes e João Grama, que estarão paredes-meias com a nova mostra Labirinto e Eco, da colecção de José de Guimarães que, por sua vez, estará em interacção com trabalhos de artistas contemporâneos.

A exposição de Carlos Lobo estará no Palácio Vila Flor até ao dia 11 de Junho. As exposições no CIAJG poderão ser vistas até ao dia 12.

Foto Carlos Lobo