PUB
Casa de Caldelas e Casa do Professor de Braga estabelecem parceria
Quarta-feira, Julho 9, 2008

Foi ontem, 8 de Julho, assinado o Protocolo que regulará a colaboração entre a Casa de Caldelas e a Casa do Professor de Braga no sentido de proporcionar a esta última a possibilidade de encaminhamento dos seus associados para a nova valência criada recentemente nas Taipas.

Recentemente inaugurada e já em pleno funcionamento, a Casa de Caldelas, empreendimento privado de apoio social e de cuidados de saúde para pessoas idosas, recebeu ontem uma comitiva da Casa do Professor de Braga, liderada Fernando Almeida, presidente da Direcção desta instituição, para a formalização de um documento que estabelece as “regras” e condições de um protocolo estabelecido entre as duas entidades e que entra em funcionamento no imediato.

De forma muito resumida, esta parceria consistirá na cedência de instalações por parte da Casa de Caldelas para receber os associados da Casa do Professor de Braga que aí se pretendam instalar.

Rosa Maria Roriz, Directora Geral da Casa de Caldelas, mostrou-se, perante os presentes, muito satisfeita com a realização desta parceria. Referiu que a mesma passaria por “promover a articulação de serviços similares, numa área em que as solicitações aumentam de dia para dia. A Casa de Caldelas passará a disponibilizar à Casa do Professor de Braga as vagas existentes, na valência de Lar, proporcionando aos seus associados o bem-estar e a qualidade de vida a que têm direito”.

Não menos satisfeito estava o presidente da Direcção da Casa do Professor de Braga. Fernando Almeida começou por explicar que a realização destas parcerias são a forma de “darmos resposta às nossas necessidades. Temos cerca de 400 parcerias celebradas com diversas instituições, nas mais diferentes valências. Somos mais de oito mil associados e temos de procurar soluções para continuarmos a dar resposta às suas necessidades. Neste caso concreto, a Casa de Caldelas, oferece serviços de excelência e dará resposta, certamente, a esta nossa preocupação de ordem social”. Fernando Almeida terminou a sua intervenção afirmando que esta parceria vai produzir bons frutos para ambas as partes.

Texto: Manuel António Silva

Artigos Relacionados