PUB
Candidato do PS por Braga às Eleições Legislativas visitou Guimarães
Quinta-feira, Agosto 20, 2015

A Unidade Local de Formação dos bombeiros das Taipas, localizada em Souto Santa Maria, foi um dos locais visitados por Manuel Caldeira Cabral.

Acompanhado por alguns dos elementos que integram a lista do PS às Eleições Legislativas que se realizam a 4 de Outubro, nomeadamente pelos vimaranenses, Luís Soares e Nélson Felgueiras, o número um por Braga, Manuel Caldeira Cabral, começou por realizar uma visita à Câmara Municipal de Guimarães (CMG), onde foi recebido pelo presidente da edilidade, Domingos Bragança e onde se inteirou das políticas seguidas pelo município vimaranense no âmbito do apoio às empresas.

Seguiram-se visitas às corporações de bombeiros de Guimarães e das Taipas tendo, nesta última, visitado a sua Unidade Local de Formação, situada em Souto Santa Maria.

No final do dia, Manuel Caldeira Cabral, referiu ao Reflexo que se tratou de um dia de “apresentação de cumprimentos ao Presidente da CMG e de interação com a realidade e com os esforços que a CMG está a fazer na área económica, de apoio às empresas, em que o que se vê é um trabalho muito meritório que tem muito a ver com a proposta do PS para o país, de apoio às empresas integrado pela simplificação dos processos, pela redução fiscal a quem investe e pelo apoio direto da Câmara à resolução dos problemas, como parceiro ativo das empresas da região. E, de facto, Guimarães é uma região em que a indústria está a prosperar, onde industrias tradicionais deram a volta e é isso que queremos para todo o distrito de Braga e para todo o país. É uma estratégia em que se apoie as empresas e, consequentemente, os seus trabalhadores. E não a visão que este Governo tem passado de conflito entre as empresas e os trabalhadores que, a nosso ver, é completamente desatualizada e arcaica, em que a competitividade das empresas se faz pela baixa salarial.

Relativamente à visita às corporações de bombeiros, o número um da lista do PS adiantou ter-se tratado de uma visita “para transmitir o nosso apoio e testemunho do valor do trabalho destes homens e mulheres, da coragem que têm, neste momento difícil de época de fogos e, também, para passar uma mensagem de que terão o nosso apoio, não só ao combate aos incêndios mas, também, numa politica integrada que olhe para a prevenção como um dos aspectos mais importantes. E a prevenção exige políticas mais complexas, que o Estado trabalhe com os privados em coordenação com o Ministério da Agricultura, do Ambiente e da Administração Interna. O que vimos nas Taipas foi um exemplo muito interessante de formação dos próprios bombeiros e de trabalho de motivação e sensibilização com as crianças. Penso que estes exemplos são muito interessantes para dar força e para trazer um maior reconhecimento social a uma das atividades mais nobres que temos numas das áreas em que o trabalho voluntário continua a ser determinante e precisa de ser estimulado”.