PUB
Candidato da CDU assume-se como alternativa ao PSD e PS
Terça-feira, Setembro 22, 2009

“As Taipas estão perante um enorme desafio: ou rompem com as práticas políticas dos últimos anos, ou continuam a ver o progresso a passar.”

Foi desta forma que arrancou o discurso de Cândido Capela Dias, no jantar de apoiantes à sua candidatura.
A sala foi pequena para todos os que quiseram manifestar o apoio ao candidato da CDU.

Capela Dias perante um público entusiasta afirmou que a candidatura que lidera é responsável, experiente e tem motivos para sonhar. “Os conhecimentos profissionais e políticos da equipa que lidero não têm igual, sobretudo ao nível da experiência e das relações institucionais quer com a Câmara de Guimarães, quer com o Governo e suas extensões regionais. E tudo isto sem cedências, sem subordinações a qualquer lógica ou interesse partidário”.
Recuou no tempo para lembrar a mudança política verificada na Junta e lançou a ponte para a situação actual. “Há quatro anos atrás, as Taipas puseram fim ao ciclo de 16 anos de mandatos do PS, que se revelavam esgotados, sem ideias nem perspectivas. A esses quatro anos de vil e apagada tristeza, sucedeu o mandato do PSD, sucedeu uma Junta laranja. A emenda foi pior que o soneto, como costuma dizer-se. A um presidente amorfo e sem iniciativa própria sucedeu outro que desbarata o orçamento da freguesia em festas e mais festas, deixando por resolver os graves problemas de que a Vila sofre.”

Capela Dias assume-se como alternativa à candidatura socialista e social-democrata, ou como afirmou, “as Taipas não estão condenadas à escolha entre o servilismo e a ignorância atrevida”.
O candidato da CDU terminou dizendo que pretende colocar a sua experiência política ao serviço dos taipenses e que as Taipas não será a “escada para trepar na vida”, ao contrário do que pretendem outros adversários políticos. “Quero servir as Taipas o melhor que sei e posso. Com lealdade, firmeza, determinação e honestidade”.

Artigos Relacionados