PUB
Câmara vota instrumentos de gestão das “Empresas Públicas Municipais”
Sexta-feira, Dezembro 15, 2006

Executivo camarário bracarense reúne-se hoje para votar os orçamentos das empresas municipais para o ano de 2007.

A Câmara Municipal de Braga aprecia hoje (quinta-feira, 14 de Dezembro) os instrumentos de gestão previsional para 2007 das empresas públicas municipais “Parque de Exposições de Braga, EM”, “Transportes Urbanos de Braga, EM” e “BragaHabit – Empresa de Habitação de Braga, EM”.

Este é o assunto em destaque na agenda da sessão ordinária que o Executivo Municipal realiza a partir das 09h30 e durante a qual vota também contratos-programa a estabelecer com aquelas empresas para a prestação de serviços sociais no âmbito do respectivo objecto.

À consideração da vereação é posta igualmente uma proposta de permuta de terrenos entre a “O Feliz Imobiliária, SA” e o Município, implicando uma parcela municipal situada no Parque Industrial de Celeirós e um prédio urbano situado em Quintães de Cima – Tadim, propriedade daquela entidade privada. Pela permuta, a empresa propõe-se pagar aos cofres municipais o diferencial de 10 410 euros.

A par da delegação de poderes na Junta de Freguesia de Adaúfe, para a reconstrução do edifício da Escola Júlio Lima, o que obriga à transferência de 420 mil euros, o Executivo deverá autorizar ainda a transmissão do direito de concessão da exploração de um quiosque situado no Largo Senhor dos Aflitos, bem como a atribuição de novos topónimos nas freguesias Tadim e Palmeira.

Nos apoios pontuais, são propostos o Grupo Desportivo das Sete Fontes (600 euros), e as autarquias de Trandeiras (5 132 euros), Figueiredo (4 631 euros) e Cabreiros (3 650 euros).

Artigos Relacionados