PUB
Câmara justifica o “interesse público” da Concentração Motard
Sexta-feira, Setembro 8, 2006

Num comunicado emitido pela Câmara Municipal de Guimarães ao fim da tarde de sexta-feira, são descritos motivos que, no entender da edilidade, justificam o “interesse público” da concentração motard.

O elemento, ao que tudo indica, decisivo surgiu às 17.30h através de um comunicado da Câmara Municipal de Guimarães onde é justificado o “interesse público” da realização da 11.ª Concentração Motard. A Câmara Municipal de Guimarães justifica assim com a gravidade para o interesse público que a não realização da concentração acarretaria.

Entre os motivos que dão corpo a esta decisão, a Câmara Municipal refere aqueles de carácter económico, como sendo os potenciais benefícios para “o grande número de estabelecimentos comerciais da Vila das Taipas e zonas limítrofes”. Adianta ainda que a suspensão da concentração, um dia antes do seu início, iria “defraudar as expectativas dos comerciantes e os investimentos e aprovisionamentos ” realizados tendo em vista a realização do evento.

O processo da organização da concentração motard na vila de Caldas das Taipas, que hoje terá o seu primeiro dia, teve durante a semana episódios que apontavam por um lado para a realização da concentração, mesmo contra a vontade da Junta de Freguesia; por outro lado, para a suspensão entretanto decretada pelo Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga.

A decisão do Tribunal teria apenas efeito se a Câmara Municipal de Guimarães tivesse sido notificada sobre a mesma, o que chegou a acontecer.

Durante a tarde de hoje pairavam imensas dúvidas sobre se a concentração se ira realizar ou não, enquanto se precipitavam os preparativos para a festa motard e se assistia à chegada dos primeiros participantes à vila. Contactado pelo Reflexo durante a tarde, o presidente do Conquistadores assegurava-nos que a concentração iria mesmo avançar.

Texto: Paulo Dumas com Manuel António Silva

________________________________

COMENTÁRIOS A ESTA NOTÍCIA

Esta para o Tino e seus pares é muito bem feita.
Sacaratos 08/09/2006 19.39h

Interesse Público?
Espectáculos eróticos proibidos e obscenos como são o strip-tease! Será de interesse público, levar a juventude ao rubro, criando-lhes vícios pornográficos! Comerciantes defraudados? Os fornecedores da concentração, a Super Bock, e os abastecedores da comida que os organizadores trazem de fora! Não está a querer referir-se ao comércio local, certamente… Este presidente da câmara estará bom do juízo?
Joaquim Ribeiro 08/09/2006 9.54h

Concordo com a concentração.
Teixeira 09/09/2006 17.44h

Espero que acabem com este mas principalmente com o “Rock in Taipas” que nos atormenta até à seis da manhã. Espero que a junta não se esqueça deste.
J. Lopes 10/09/2006 4.20h

Deixem os homens das motos em paz eles não fazem mal a ninguém, se não gostam de guerras não as produzam…
Dr Coelho Gas 10/09/2006 17.58h 

A junta de Freguesia esteve mal ao confundir o interesse Taipense com questões menores de querelas partidárias.
Carlos Remísio 11/09/2006 11.45h

Como pessoa interessada no comércio, venho apoiar a realização da concentração motard na nossa vila. Também como motard apesar de não ter participado na festa tenho a dizer que se a causa é o barulho acho que o interesse económico dos comerciantes pois podemos ver as bombas de gasolina cheias, restaurantes cheios, cafés cheios. Eu pergunto se isto não é vantajoso para as taipasses serão só as festas da vila que interessam? Devíamos ter orgulho em ter 2500 visitantes durante um fim-de-semana que trazem cá dinheiro, alegria e levam para as suas terras o bom-nome das taipas.
Marco Gonçalves 11/09/2006 11.57h

“A junta de Freguesia esteve mal ao confundir o interesse Taipense com questões menores de querelas partidárias”. Será que o ex-Presidente da Junta sabe o que está a dizer? Não, não deve saber… Sabe, por exemplo, que desta feita o Moto Clube não oferecia qualquer contrapartida à Junta de Freguesia? E, já agora, desminta lá se não é verdade que no seu tempo a Junta recebia contrapartidas? E quanto!?
Joaquim Ribeiro 12/09/2005 18.05h

Sr. Joaquim Ribeiro, o que o Sr. comentou é mentira, possívelmente foi mal informado. No entanto, bastará pedir à Junta de Freguesia a Guia de Receita do donativo que o Moto Clube fez à Junta de Freguesia enquanto eu fui Presidente da Junta. Quando se escreve com a convicção de Vª Ex.ª deve-se ter os pés bem assentes no chão sob pena de passar por mentiroso. Com este tipo de pessoas ressabiadas e de má formação cívica eu não perco mais tempo, dando por terminado este esclarecimento que o faça em nome da verdade.

Carlos Remísio 12/09/2006 19.20h

Ex.mo Senhor Carlos Remísio
Cada um fala por si… E, já agora, quem falou em donativo?…
É que há “formas e formas” de dar contrapartidas.
E a “Taipas-Turitermas”, quanto recebeu nos últimos anos, pela realização das Concentrações Motards?
Espero que responda e que não se fique ou não se acobarde com as suas habituais e já bem conhecidas respostas que não são respostas, mas sim ironias e afirmações com utilização de linguagem que não fica bem a uma pessoa que se diz “de bem”.
Joaquim Ribeiro 13/09/2006 11.00h

Artigos Relacionados