PUB
Câmara assume pagamento de quase 6 milhões de euros na Avepark
Sexta-feira, Novembro 11, 2011

Foi ontem aprovada pelo executivo da Câmara de Guimarães, de forma unânime, uma proposta que compromete o município no pagamento de quase 6 milhões de euros relativos a um empréstimo contraído para a criação do Avepark.

O montante em causa (5.675.513,00 euros) será assumido pelo município vimaranense – sob a forma de aumento de capital na sociedade Avepark e diz respeito ao que ainda falta pagar à banca de um empréstimo contraído (total de 6.500.000,00 euros) para construção das infra-estruturas daquele espaço empresarial.

Sob responsabilidade do accionista “Associação do Parque de Ciência e Tecnologia do Porto” , também em forma de aumento de capital social na sociedade, ficarão as despesas inerentes ao funcionamento corrente daquela infra-estrutura que, actualmente, se têm revelado deficitárias, nos montantes e condições que se vierem a mostrar necessários.

Salvaguarde-se no entanto que, num e noutro caso, quer a Câmara Municipal de Guimarães, quer a Associação do Parque de Ciência e Tecnologia do Porto, assumirão a totalidade dos encargos referido, apenas na impossibilidade de qualquer dos restantes accionistas (Universidade do Minho, Associação Industrial do Minho e Associação Comercial e Industrial de Guimarães) subscreverem também o aumento de capital proposto.

Apesar do voto favorável a este Acordo Parassocial, que apelidaram de “mais um subsídio ao Avepark” o PSD teceu duras críticas à gestão do projecto defendendo mesmo que “perante uma situação desta natureza, têm que ser pedidas responsabilidades. Não podemos estar em face duma falha no inicialmente projectado, sem nos ser apresentada uma solução, uma alternativa, uma estratégia para o futuro do equipamento”.