PUB
Câmara apresenta candidatura da requalificação da EB 2,3, com um valor de 6 milhões de euros
Sexta-feira, Março 28, 2014

Essa intervenção será enquadrada nas candidaturas em regime de aprovação condicionada em overbooking para investimentos de iniciativa municipal.

A Câmara Municipal de Guimarães deu mais um passo para a conclusão do projeto de candidatura, a fundos comunitários, da requalificação da EB, 2,3 de Caldas das Taipas. Essa intervenção será enquadrada nas candidaturas em regime de aprovação condicionada em overbooking para investimentos de iniciativa municipal.
Na reunião do executivo de 20 de março, foi aprovada, por unanimidade, uma aquisição de serviços, referente à realização de um projeto de reformulação do sistema de climatização (AVAC) previsto no projeto da escola da E.B.2/3, tendo em consideração a entrada em vigor de nova legislação, menos penalizante para o erário público. Esta alteração, que tem implicações ao nível da arquitetura e engenharia civil, levará a uma redução dos custos finais da obra que a Câmara pretende levar a cabo. Devido a questões de direitos de autor atribuídos à obra em causa, procedeu-se a um ajuste direto com a empresa Pitágoras, responsável pelo projeto.
Domingos Bragança referiu que a Câmara não podia deixar de apresentar esta candidatura, mesmo sem ter o apoio do Ministério da Educação em termos de verbas: “O arrastar da situação e o perder de uma oportunidade fez com que a Câmara avançasse com a candidatura aos fundos comunitários apoiados no overbooking do último quadro comunitário”. O presidente da Câmara referiu ainda que o Ministério da Educação dará o seu apoio institucional mas fez questão de frisar que a obra só avançará se se concretizar o apoio comunitário, pois trata-se de uma intervenção a rondar os seis milhões de euros.
Com esta intervenção também se resolveria o problema das coberturas em fibrocimento com amianto existentes neste espaço escolar.

Artigos Relacionados