CART repescado para disputar a 2.ª divisão nacional de hóquei em patins
Quinta-feira, Agosto 4, 2016

Na sequência da desistência do OC Barcelos, a Federação Portuguesa de Patinagem repescou o CART, por ter sido a equipa melhor classificada das que desceram, na última época, à 3.ª divisão.

Ao que sabemos, apesar de não haver muita vontade em participar no referido campeonato da 2.ª divisão, fruto do aumento de despesa que tal acarreta, nomeadamente com deslocações e organização de jogos, o clube taipense terá mesmo de se conformar e acatar a decisão da Federação Portuguesa de Patinagem, que está de acordo com o regulamentarmente previsto, evitando, assim, as sanções previstas no regulamento de provas – impedimento de participar nas provas FPP na época em curso -, caso não venha a participar no campeonato da 2.ª divisão.

Contudo, esta situação levanta uma outra questão, que começa a ser levantada por muitas pessoas ligadas à modalidade e, ao que se sabe, será discutida na reunião de Direção da FPP, a realizar no próximo dia 24 de agosto. Ou seja: Tendo o OC Barcelos (com a equipa “A” a disputar a 1.ª divisão nacional) desistido de participar no campeonato da 2ª divisão, não incorre na sanção de impedimento de participar nas provas da FPP, na época em curso?

Fica a questão e a “quase” garantia de que na próxima época de hóquei patins, teremos o CART a disputar novamente a segunda divisão nacional da modalidade.

Entretanto, a formação taipense já foi integrada no sorteio da zona Norte da 2.ª divisão que se realizou no passado dia 30 de julho e que ditou um HC Marco – CART, na primeira jornada, agendada para 15 de outubro. Oito dias depois, os taipenses recebem o Famalicense para viajarem, na terceira jornada até Braga, para defrontar a equipa local que desceu da primeira divisão. Seguem-se, pela ordem de jogos casa/fora, o Gulpilhares, A escola Livre de Azeméis, o HC Cambra, o ADJ Vila Praia, o CH Carvalhos, a Académica de Espinho, a Juventude Pacense, o Infante Sagres, o Pessegueiro do Vouga e o CD Póvoa.