Bruno Serra imperial
Sábado, Abril 23, 2005

Bruno Serra foi a grande figura da segunda etapa do Campeonato Nacional de Karting ao triunfar a totalidade das corridas naquela que é a categoria “rainha” da modalidade em Portugal. Com este triplo triunfo, o piloto de Guimarães é agora o líder isolado do campeonato.

“Foi um fim-de-semana extremamente positivo. Ganhar na ‘casa’ dos meus mais directos torna este triunfo ainda mais significativo. Depois dos azares ocorridos na primeira prova, em Vila Real, era mesmo um resultado destes que eu estava a precisar”, afirmou Bruno Serra no final da prova.

Motivado com a prestação na primeira etapa do Open Italiano, onde na prova de estreia, na categoria que é a Fórmula 1 de karting, se qualificou para a final, perante os melhores pilotos do mundo, Bruno Serra chegou a Palmela determinado em fazer um bom resultado. E se bem o pensou, melhor o executou. “Nunca tinha feita uma coisa assim. Foi uma volta perfeita. O segundo classificado ficou a 0,5 segundos de distância”. O registo foi de tal modo expressivo que o sistema de cronometragem não o reconheceu. Só numa segunda instância é que este acabou por ser homologado. È caso para dizer: mais rápido que o próprio cronómetro.

Na primeira corrida, Bruno Serra ainda foi surpreendido no arranque. Poucas curvas depois, numa manobra destemida, assumia o comando para não mais o largar até ao final. Na segunda corrida a história voltou a repetir-se com Bruno Serra a desferir um forte ataque logo nas primeiras voltas, para depois controlar os adversários até ao final. Na derradeira corrida, a única diferença em relação às duas primeiras, foi o facto de, desta feita, o piloto da VanSpeed não se ter deixado surpreender no arranque. Quanto ao resto, a receita foi a mesma: Domínio absoluto.

“Nesta prova só não gostei dos arranques. Porém consegui rapidamente passar para primeiro lugar. Depois foi atacar forte de imediato e controlar o andamento dos adversários até ao final. Tudo isto agradeço à minha equipa, a Moletto Sport, que me proporcionou um conjunto que esteve irrepreensível ao longo destes dias”

“Com este resultado fiquei à frente do Campeonato, posição que espero manter na próxima prova. Os meus mais directos adversários obtiveram aqui poucos pontos e como a próxima jornada é em Braga, é como fosse em ‘casa’”, concluiu Bruno Serra.

PUB

Artigos Relacionados