PUB
Bloco de Esquerda questiona o Governo sobre Centro Hospitalar do Alto Ave
Terça-feira, Fevereiro 7, 2012

A ausência de Direcção Clínica e o funcionamento do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Alto Ave entregue apenas a dois elementos, leva Bloco de Esquerda a questionar o Governo.

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda na Assembleia da República questionou o Governo sobre a “situação inusitada” que se vive no Centro Hospitalar do Vale do Ave (CHAA) “que se encontra a funcionar sem Direcção Clínica e com apenas dois membros no Conselho de Administração”.

Os bloquistas consideram “incompreensível” que uma unidade hospitalar possa estar em funcionamento sem Conselho de Administração e sem Direcção Clínica, “com todos os riscos inerentes de degradação do funcionamento hospitalar bem como dos serviços prestados às/aos utentes”.

O Conselho de Administração do CHAA, composto por cinco elementos, tomou posse em Fevereiro de 2012 e após três abandonos de funções, funciona desde Setembro do mesmo ano, apenas com dois elementos.

As questões colocadas pelo Bloco de Esquerda ao Ministério da Saúde, através da Assembleia da República, foram a s seguintes:

1. Por que razão o Governo ainda não nomeou o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Alto Ave?

2. Quais as razões para o protelamento desta situação?

3. Quando pretendo o Governo proceder à nomeação do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Alto Ave?