PUB
BE preocupado com equilíbrio ecológico do Ave
Segunda-feira, Setembro 13, 2010

A Comissão Coordenadora Concelhia do Bloco de Esquerda de Guimarães acusa o Ministério do Ambiente de não estar a fazer tudo o que está ao seu alcance para devolver o equilíbrio ecológico ao rio Ave e seus afluentes.

Esta tomada de posição resulta da resposta dada pelo Ministério do Ambiente a uma questão colocada pelo Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) sobre os diversos focos de poluição na bacia do Ave em que se admite que, apesar das acções inspectivas que tem efectuadas, a qualidade da água registada em alguns pontos dos rios Vizela, Selho e Ave continua a ser má.

O documento refere ainda que há cerca de 4 centenas de industrias ligadas ao Sistema Integrado de Despoluição do Vale do Ave Saneamento (SIDVA). O BE considera que, apesar disso, continua a verificar-se a existência de inúmeros focos de poluição, o que comprova a existência de muitas empresas que não cumprem as regras definidas para a realização das descargas, fazendo com que os avultados investimentos não tenham os efeitos práticos desejados.

O BE de Guimarães espera ainda que a Inspecção Geral do Ambiente e Ordenamento do Território cumpra o que está escrito no seu Plano de Actividades, nomeadamente aumentando as inspecções à qualidade da água que as indústrias que não estão ligadas ao Sistema devolvem aos rios, e estará atento aos resultados obtidos à análise das águas.

Por fim, os bloquistas lamentam não terem recebido respostas mais precisas a determinadas questões que colocaram o que levará a que voltem a questionar o Governo sobre o mesmo assunto.