PUB
A verdade da Mentira. Finalmente conseguimos!
Quinta-feira, Dezembro 10, 2009

Nas eleições passadas, do dia 11 de Outubro de 2009, tivemos a oportunidade de apresentar aos Taipenses o nosso programa eleitoral, onde constava no mesmo, apoio à edificação do Lar de Idosos do Centro Social Padre Manuel Joaquim Sousa. Face a toda polémica gerada à volta deste assunto, chegou a hora de esclarecer cabalmente todas as mentiras levantadas, por pessoas que preferem fazer parte dos problemas e não das soluções.

Desde já, e em primeira-mão para muitos, faço saber que o financiamento do Lar do Centro Social Padre Manuel Joaquim Sousa, sito, a caminho do Ave Park, foi aprovado com um valor de financiamento assegurado pela Administração central, P.O.P.H., de 850.615,35 € para o um custo total da obra de 1.417.692.27 €.

Regozijo-me de ter dado o primeiro passo para que esta solução fosse encontrada. Digo-vos sinto-me satisfeito. Os Taipenses merecem esta óptima notícia. Ficou claramente demonstrado quem afinal fala verdade. Todo o nosso trabalho foi feito com transparência, rigor e sentido de responsabilidade para com os Taipenses.

Não posso deixar passar em claro, o facto de uma juventude partidária, ladeada pela lista desse mesmo partido, concordando por isso com toda a informação prestada, ter lançado um panfleto onde dizia que o Lar de Idosos que nós prometêramos tinha sido chumbado.

É lamentável confirmarem mentiras para que se tornem verdades, com um único objectivo, ganhar eleições! Estas são atitudes que nunca terei, alterar comportamentos com o fim de ganhar eleições, desculpem, mas recuso-me a fazê-lo.

Para terminar gostava de deixar uma mensagem de apelo aos taipenses. É chegada a hora de demonstrarmos o nosso sentido crítico relativamente a tudo o que ouvimos, sentimos e nos querem fazer acreditar. Comandem o vosso diálogo interior no sentido de obter uma sincronização da inteligência, é o nosso único poder verdadeiro, e com esta força ilimitada nada estará fora do nosso alcance.

Muito obrigado e viva Caldas das Taipas.

26