PUB
Assembleia de Freguesia distingue Elisabete Matos e Joaquim Mendes por unanimidade
Terça-feira, Maio 10, 2016

O representantes autárquicos da freguesia de Caldelas decidiram por unanimidade atribuir uma Medalha de Honra a Elisabete Matos. Foi também aprovado um voto de pesar pelo desaparecimento recente de Joaquim Mendes.

A Assembleia de Freguesia, reunida na passada sexta-feira, 6 de Maio, aprovou por unanimidade a proposta apresentada por iniciativa do executivo de atribuir a Medalha de Honra da Freguesia a Elisabete Matos.

O documento apresentado pela Junta de Freguesia justifica a proposta dizendo que esta nomeação é merecida “em função do exercício excecional de atividades de interesse humano de que resulta grande honra e prestígio, com expressão efetiva na história da freguesia de Caldelas”.

A Junta de Freguesia defende ainda a atribuição da Medalha de Honra pelo facto de “a terra que a viu nascer e crescer até à idade adulta ainda a não tinha homenageado condignamente”.

Este é, portanto, “um reconhecimento que se impõe tanto mais que a agraciada sempre colaborou com os seus talentos para o engrandecimento das realizações culturais que se organizavam na vila”, foi um dos argumentos apresentados.

Voto de pesar pelo falecimento Joaquim Mendes
aprovado por unanimidade

No tratamento de assuntos gerais de interesse para a freguesia, sem caráter deliberativo, por proposta da bancada da coligação Juntos por Guimarães (JpG) e do PS, foi aprovado, por unanimidade, um voto de pesar pelo falecimento do taipense Joaquim Mendes, pessoa muito querida entre os seus conterrâneos e com participação ativa em várias associações da vila.

Texto: José Henrique Cunha