PUB
Arosa e Castelões, “terras muitas vezes esquecidas”
Segunda-feira, Julho 11, 2016

“Uma maior vontade de fazer justiça a estas terras muitas vezes esquecidas”, foi desta forma que o vereador Monteiro de Castro, da coligação Juntos por Guimarães (JpG), se referiu à primeira reunião de Câmara descentralizada numa freguesia do concelho que não é vila.

Na reunião do dia 7 de julho, realizada na União de Freguesias de Arosa e Castelões registou-se a ausência dos vereadores André Coelho Lima e Helena Soeiro. Reduzida a dois elementos, a vereação da coligação JpG resumiu-se a Ricardo Araújo e Monteiro de Castro. O representante do CDS deu conta do mérito das reuniões “Abertas” da Câmara continuarem e agora para além das vilas. No caso concreto de Arosa e Castelões, destacou a beleza natural deste território, a qualidade da água do rio Ave e, em termos negativos, a baixa taxa de cobertura ao nível do saneamento, apesar de reconhecer que a topografia e a dispersão das habitações não ajudam na resolução deste problema.
Monteiro de Castro deu conta ainda de, em termos escolares, as crianças terem de frequentar a escola básica em Taíde, no concelho da Póvoa de Lanhoso.

Voto de louvor para atletas vimaranenses nos Jogos Olímpicos
Ricardo Araújo, vereador do PSD, destacou, nas suas declarações, a realização da Gala do Desporto e apresentou a atribuição de dois votos de louvor a atletas de Guimarães. Sobre a Gala do Desporto referiu que esta “Valoriza, homenageia um conjunto de atletas, dirigentes e pessoas que contribuem para a prática do desporto em Guimarães”.
A primeira proposta de louvor foi para o reconhecimento dos cinco atletas vimaranenses que foram convocados para os Jogos Olímpicos a realizar no Brasil de 5 a 21 de agosto, a saber, Dulce Félix, Nuno Bragança, José Mendes, Ricardo Ribas e João Sousa: “Atletas que valorizam o nome de Guimarães, embaixadores de Guimarães e que merecem o nosso respeito”, justificou o vereador da coligação JpG.
O segundo voto de louvor apresentado por Ricardo Araújo foi para a atleta Dulce Félix, pela conquista da medalha de prata nos 10.000 metros do Campeonato da Europa de Atletismo, disputados em Amesterdão, prova realizada a 6 de julho.

De referir que, por sugestão do vereador Amadeu Portilha, estes votos de louvor foram adiados para a próxima reunião do executivo, pela forte possibilidade de mais atletas vimaranenses poderem vir ainda a fazer parte da comitiva olímpica.