PUB
Alunos de Filosofia com provas classificadas duas vezes na primeira fase
Terça-feira, Julho 21, 2015

Exame nacional de Filosofia da 1.ª Fase foram, em diversos casos, classificados duas vezes. A classificação final considerada foi a atribuída por um segundo professor.

Esta situação foi conhecida quando os alunos pediram as fotocópias dos exames realizados. Perante a análise das mesmas, os alunos e seus encarregados de educação verificaram que surgia uma classificação final que não correspondia à que apareceu nas pautas publicadas pela Escola Secundária de Caldas das Taipas. Na mesma prova, nas observações, surgia uma outra classificação, dada por outro professor e foi essa a que prevaleceu como resultado final.

Pelo que conseguimos apurar, esta situação não é inédita e acontece quando se verifica, num grupo de alunos da mesma escola, uma disparidade significativa entre as classificações internas e as do exame nacional. Nestes casos, essas provas são analisadas e objeto de um relatório enviado à entidade responsável pelos exames nacionais.

Caso esta entidade decida por uma nova classificação, os exames são distribuídos por novos professores classificadores que procederão à classificação das mesmas. A nota final do exame será a atribuída nesta segunda classificação, tal como aconteceu com as provas dos alunos da secundária de Caldas das Taipas.

Qualquer pedido de reapreciação por parte dos alunos dos resultados obtidos no exame terá sempre em conta a segunda classificação.