PUB
Afinal o primeiro rei era de Guimarães ou de Viseu?
Terça-feira, Maio 1, 2007

A Fundação Mariana Seixas, de Viseu, relançou a discussão sobre o local de nascimento de D. Afonso Henriques, com a reedição da obra de Almeida Fernandes que defende que o primeiro Rei de Portugal nasceu em Viseu. Ao Público, um porta-voz da Fundação Mariana Seixas garante que não quer entrar “em polémicas bairristas”, mas promover […]

A Fundação Mariana Seixas, de Viseu, relançou a discussão sobre o local de nascimento de D. Afonso Henriques, com a reedição da obra de Almeida Fernandes que defende que o primeiro Rei de Portugal nasceu em Viseu.

Ao Público, um porta-voz da Fundação Mariana Seixas garante que não quer entrar “em polémicas bairristas”, mas promover o que considera ser “o primeiro estudo realmente feito sobre o nascimento de D. Afonso Henriques”.

OUTROS DESTAQUES NA IMPRENSA SOBRE A TESE POLÉMICA

Agência Financeira
Esta tese surgiu pela primeira vez publicada na Revista da Beira Alta (1990-91) e em edição autónoma do Governo Civil de Viseu em 1993, que está esgotada.

Observatório do Algarve
Este trabalho de Almeida Fernandes (falecido em Tarouca, em Fevereiro de 2002) resultou, precisamente, de uma encomenda feita pela Unidade Vimaranense – Associação para o Desenvolvimento de Guimarães e sua Região, que lhe pediu para “averiguar, se possível, onde nasceu D. Afonso Henriques”, depois de ter aparecido a hipótese de Coimbra.

O Primeiro de Janeiro
Almeida Fernandes baseia a sua investigação no facto de D. Afonso Henriques ter “dois para três anos” quando morreu o seu pai, em Maio de 1112, e de ter provas documentais quanto à residência de D. Teresa em Viseu.

Público
O historiador e professor universitário José Mattoso considera que esta é “hipótese mais provável” das que foram discutidas até hoje e afirma desconhecer qualquer publicação científica que a conteste.

Artigos Relacionados