PUB
3 horas e 37 minutos é o tempo médio diário do uso do telemóvel pelos alunos da secundária das Taipas
3 horas e 37 minutos é o tempo médio diário do uso do telemóvel pelos alunos da secundária das Taipas
© Direitos Reservados
Quinta-feira, Abril 18, 2019

Este é o grande destaque da última edição do jornal escolar “Trigal”, da Escola Secundária de Caldas das Taipas. Num inquérito efetuado aos alunos do ensino secundário desta escola, a média da utilização diária do telemóvel dá um valor de 3 horas e 37 minutos.

O recorde da utilização do telemóvel atinge as 7 horas e 30 minutos, para um uso diário médio. Trata-se de um aluno que, desses 450 minutos passados com o telemóvel, curiosamente, somente sete são para telefonar.

A aplicação mais usada pelos alunos não é o Facebook. Esta rede social é ultrapassada pelo Instagram que é, claramente, a aplicação mais usada pelos estudantes da escola (cerca de 30% do tempo despendido ao telefone) e pelo Youtube, que surge em segundo lugar das preferências dos alunos.

Neste trabalho do “Trigal” é de salientar que, quanto à função para que o telemóvel foi inicialmente criado – telefonar – surge somente na 12.ª posição, em termos de utilização, que se traduz em pouco mais de quatro minutos de uso médio diário.

Outro dado curioso deste trabalho é o facto de 55% dos alunos reconhecerem que usam indevidamente o telemóvel na sala de aula, ou seja, sem a autorização do professor. Será, ainda, de destacar a adaptação das novas tecnologias à “arte” do “copianço” nos testes de avaliação. Cerca de 30% dos alunos já utilizaram o telemóvel para copiar nas provas de avaliação.

Neste ponto será de referir que, noutro inquérito aplicado aos docentes da escola secundária da vila, cerca de 80% utiliza o telemóvel como ferramenta didática (maioritariamente como motor de pesquisa e jogos didáticos) e cerca de 30% dos professores também já detetou o uso do telemóvel para copiar nos testes.

Neste trabalho do jornal “Trigal” refere-se ainda que os professores usam, maioritariamente, o telemóvel para telefonar. Com um uso de 53 minutos, em média, por dia, os docentes ocupam esse tempo, em segundo lugar, com o Facebook e, em terceiro lugar, surge o WhatsApp.