PUB
2014: Ano Internacional da Cristalografia
Terça-feira, Abril 15, 2014

A UNESCO em conjunto com a União Internacional de Cristalografia vão liderar e coordenar o plano e implementação das atividades que irão ser promovidas no decurso deste ano.

O Ano Internacional da Cristalografia celebra o centenário do nascimento da cristalografia dos Raios-X e homenageia o trabalho pioneiro de Max von Laue e William Henry Bragg/William Lawrence Bragg. Em 2014, também se comemora o 50º aniversário de outro Prémio Nobel, atribuído a Dorothy Hodgkin pelo seu trabalho em torno da vitamina e da penicilina.

Há um século atrás descobriu-se que os Raios-X podem ser usados para observar a estrutura da matéria de uma forma não intrusiva. Hoje em dia, a Cristalografia de Raio-X tornou-se a tecnologia líder para estudar a estrutura da matéria a nível atómico e molecular. A cristalografia tem imensas aplicações. Ela influencia o nosso dia-a-dia e é extremamente importante para indústrias que vivem da criação e desenvolvimento de novos produtos, tais como, a indústria agroalimentar, a aeronáutica, a informática, a eletromecânica, a farmacêutica, de minas ou de produtos cosméticos.

O lançamento oficial desta efeméride decorreu na sede da UNESCO, em Paris, nos dias 20 e 21 de Janeiro.

Em Portugal, esta efeméride está a ser dinamizada pelo Comité Português para o Programa Internacional de Geociências, em parceria com o Comité para a Matemática do Planeta Terra, ambos criados sob a égide da Comissão Nacional da UNESCO. O lançamento oficial do Ano Internacional da Cristalografia, em Portugal, teve lugar na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), no dia 12 de Março de 2014.

Os principais objetivos desta efeméride são: aumentar a consciências pública sobre a ciência da cristalografia e como esta sustenta a maior parte dos desenvolvimentos tecnológicos da nossa sociedade moderna; inspirar os jovens através de exposições e demonstrações práticas nas escolas, ilustrando a universalidade da ciência; apoiar a iniciativa África em Cristalografia e a criação de programas semelhantes na Ásia e América Latina; promover a colaboração internacional entre cientistas de todo o mundo; promover a educação e pesquisa em cristalografia e suas ligações com outras ciências; envolver as entidades internacionais que lidam com a questão da Radiação Sincrotrão e de Neutrões em todo o mundo nas celebrações deste Ano, incluindo o Projeto SESAME criado sob os auspícios da UNESCO.

Segundo a Directora Geral da UNESCO, Irina Bokova “… é evidente que a cristalografia será indispensável para promover a inovação científica que todos os países necessitam para o seu desenvolvimento sustentável e para a construção de sociedades e economias mais verdes” (amigas do ambiente).

Fonte: https://www.unesco.org/new/en/unesco/events/prizes-and-celebrations/celebrations/international-years/crystallography

Maria Manuela Catana, 30 de abril de 2014

26