PUB
2007 será o ano dos 5000 eleitores em Caldelas. Cidade perde 400 eleitores desde 2002
Quinta-feira, Março 1, 2007

Os dados ontem publicados em Diário da República dão conta de que Caldelas foi a segunda freguesia que mais ganhou eleitores. No final do ano havia 4838 eleitores, embora no último referendo já estivessem registados mais 14.

Logo a seguir à freguesia de Fermentões, Caldelas foi a que, no concelho de Guimarães mais ganhou em número de eleitores. Desde 2002 a freguesia ganhou 459 eleitores, ou seja, em média a freguesia tem ganho 92 eleitores por ano. Se as tendências baterem certo, será este ano que a freguesia chegará aos tão ambicionados 5000 eleitores.

Reduzindo as contas a dois anos, comparando apenas as variações do número de eleitores em relação ao ano de 2005, as posições não se alteram de forma significativa. Fermentões ganhou 193 e Caldelas, de novo em segundo lugar, ganhou 161.

Interessante é verificar que as freguesias urbanas de Guimarães (S. Sebastião, S. Paio e Oliveira do Castelo) são as que mais perdem em número de eleitores. Por ano a cidade perde em média 80 eleitores – desde 2002 foram 400 os eleitores que deixaram a cidade de Guimarães.

Na globalidade do concelho o cenário é bastante diferente – Guimarães ganha uma média de cerca de mil eleitores por ano. Curioso é o facto de, desde 31 de Dezembro de 2006 (data a que se reportam os dados publicados no Diário da República) até à data do Referendo, no dia 11 de Fevereiro, o concelho ter ganho 1220 eleitores.

Texto: Paulo Dumas

Artigos Relacionados